21°C 32°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Homem que fez sexo com moradora de rua nega estupro: “Paguei R$ 10”

Suspeito de 36 anos se apresentou à delegacia de Santos nessa quarta e disse que o casal concordou em fazer um programa: “Foi consensual”

09/05/2024 às 13h58
Por: Raflézia Sousa Fonte: Metrópoles
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

O homem suspeito de ter abusado sexualmente de uma moradora de rua em uma calçada de Santos, no litoral paulista, foi ouvido nessa quarta-feira (8/5) pela Polícia Civil. Em depoimento, ele afirmou que o sexo entre o casal foi “consensual”, após os dois negociarem um “programa”. Ele diz ter pago R$ 10 à mulher.

O suspeito era esperado por policiais da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) desde terça-feira (7/5), mas só se apresentou um dia depois. O crime, cometido na madrugada de sábado (4/5) na Rua Braz Cubas, região central da cidade, foi registrado em vídeo.

De acordo com as imagens, o homem chega ao local de moto, desce do veículo e se aproxima da moradora de rua, que está deitada na calçada. Ela usa as pernas para tentar afastar o criminoso, mas ele continua sobre ela. O estuprador usa papelões para montar uma espécie de cabana e abusa da moradora. Após o crime, a mulher se levanta e deixa o local cambaleando.

Programa

Em depoimento, o suspeito — um homem de 36 anos que tem emprego fixo na cidade — afirmou que o sexo foi praticado com a “ciência” da mulher. Segundo policiais ligados à investigação, ela teria pedido R$ 20, mas ele só tinha R$ 10 no bolso.

A mulher, segundo o relato do homem, aceitou receber os outros R$ 10 depois. Ele também teria dado “um lanche” para a moradora de rua, pois ela teria dito que estava com fome. “Não foi estupro. Foi com a ciência dela, que cobrou e eu paguei. O erro foi por ter sido na rua”, disse o suspeito à polícia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade