21°C 32°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Policial militar é morto a tiros dentro de frigorífico no interior do Ceará

Dois homens usaram uma moto para chegar ao local, e atiraram diversas vezes contra a vítima.

10/05/2024 às 14h42
Por: Raflézia Sousa Fonte: G1 Ceará
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

Um sargento da Polícia Militar, identificado como Geilson Pereira Lima, foi morto a tiros em Icó, no interior do Ceará. O crime aconteceu, nesta quinta-feira (9), em um frigorífico do município. Uma câmera de segurança do estabelecimento filmou o homicídio. A Polícia Civil investiga o crime. O policial tinha antecedentes por três crimes de ameaça.

Nas imagens, é possível ver que quatro homens conversam no frigorífico, quando chega um quinto homem, usando um capacete, e conversa brevemente com os outros. Ele se aproxima de uma porta do estabelecimento, saca uma arma de fogo e atira contra o sargento.

Na sequência, um segundo criminoso (também de capacete) entra no local e continua os disparos contra o policial militar. Três das quatro testemunhas que aparecem no vídeo saem do local durante o crime.

Redes sociais/Reprodução

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) informou que o policial estava afastado pois responde a um processo criminal de calúnia. Já a Secretaria da Segurança Pública disse que o policial militar estava em situação funcional agregado. Ou seja, foi afastado temporariamente do serviço por ter ultrapassado um ano contínuo de licença para tratamento de saúde.

A vítima, conhecida como Sargento Geilson, tinha 49 anos e era natural de Icó, mesmo município onde ocorreu o crime. Ele já foi secretário de Segurança Pública e Cidadania do mesmo município, mas foi exonerado em 2021. Em 2022, Sargento Geilson foi candidato a deputado estadual pelo Partido Liberal (PL).

No ano passado, Geilson foi afastado da Polícia Militar pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) após publicações nas redes sociais criticando e denunciando a gestão municipal de Icó.

Publicidade
Publicidade
Publicidade