22°C 27°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Governo alerta para golpe do ‘resgate da prosperidade’; saiba como se prevenir

Golpistas usam site do governo para enganar usuários

02/12/2023 às 08h25
Por: Thiago Rodrigues Fonte: GCMais
Compartilhe:
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Um novo golpe intitulado “resgate da prosperidade” está sendo aplicado no Brasil nas últimas semanas. Uma série de publicações no Facebook usa recortes de notícias televisivas sobre o serviço de “Valores a Receber” do Banco Central para enganar e direcionar o usuário para um assistente virtual fraudulento, que se passa pelo gov.br.

O golpe consiste em informar ao cidadão que o governo teria dado início a um plano de retirada de valores retidos batizado de Resgate da Prosperidade pelo presidente, sem citar o nome do chefe da nação. Para dar um ar de segurança, a atendente virtual pede que informe o CPF e pergunta se deseja prosseguir com a consulta. Ao apertar o botão SIM, uma nova mensagem orienta a digitar o CPF para acessar ou criar a conta gov.br.

Na sequência, vai pedir para confirmar os seus dados e perguntar se quer consultar o saldo disponível no CPF. Ao receber a confirmação, o chatboot pede para aguardar enquanto verifica se há algum valor disponível para saque imediato no CPF informado.

Logo depois, uma nova mensagem indica que há sim dinheiro retido a ser sacado, questiona se deseja efetuar o saque e é aí que vem o prejuízo. Para sacar, diz que é preciso pagar uma taxa via Pix para liberar o resgate da grana imediatamente. Porém, obviamente, após receber o Pix da vítima, o criminoso virtual some.

A Secretaria de Comunicação do Governo Federal negou que exista algum programa com este nome.

O resgate de “Valores a Receber” do Banco Central é feito exclusivamente pelo site da instituição. Não existe aplicativo, nem número de WhatsApp para este serviço. A única forma de acessá-lo é pelo site do Banco Central. O serviço é gratuito. Em nota divulgada na última segunda-feira (27), o governo federal alertou a população para não fazer “qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade