22°C 27°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Nove jiboias são resgatadas pelos bombeiros durante o fim de semana chuvoso no Ceará

Maioria das ocorrências foi em municípios do interior do estado. Em períodos de chuvas, animais costumam entrar nas casas em busca de abrigo.

12/02/2024 às 11h26
Por: Raflézia Sousa Fonte: G1 Ceará
Compartilhe:
Corpo de Bombeiros/ Divulgação
Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Nove jiboias foram resgatadas por equipes do Corpo de Bombeiros durante a chuvas no Ceará entre sexta-feira (9) e no domingo (11). A maioria das ocorrências ocorreu em municípios do interior do estado, com as serpentes invadindo residências em busca de abrigo.

Neste domingo choveu em 141 municípios do estado, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Fortaleza teve 215 milímetros de precipitação, a segunda maior chuva da cidade nos últimos 50 anos. Além dos alagamentos e falta de energia, a capital registrou pelos menos três ocorrências envolvendo jiboias. O primeiro chamado do Corpo de Bombeiros ocorreu na madrugada de sábado (10), para resgatar uma serpente no quintal de uma casa no Bairro Conjunto Ceará.

Na ocasião, uma equipe 5ª Companhia do 1º Batalhão de Bombeiros Militar foi até o local e retirou a serpente em segurança, colocando-a em um recipiente de transporte.

No Bairro de Fátima os agentes realizaram dois resgates, um deles na tarde de sábado e outro na madrugada de domingo. A primeira serpente apareceu no jardim de um imóvel e a segunda foi encontrada em uma via pública, próximo a uma unidade hospitalar. Por último, uma jiboia foi encontrada em um veículo, no Bairro Papicu, mas antes da chegada dos bombeiros, o animal conseguiu fugir.

Em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana, os bombeiros foram chamados, na manhã de sábado, para resgatar uma jiboia de grande porte, que estava no quintal de uma residência, no Bairro Palestina.

Ainda no sábado, outros resgates de jiboias ocorreram nos municípios de Itapipoca, Crato e Quixeramobim. Em Sobral, os bombeiros foram ao local da ocorrência, mas a serpente entrou em um galho seco, impossibilitando a retirada.

Todas as jiboias resgatas passaram por avaliação e em seguida foram devolvidas à natureza.

Publicidade
Publicidade
Publicidade