22°C 30°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Cid chama Tomás Figueiredo de “ditador” e “atrasado” e quer unir partidos do governo em Santa Quitéria para candidato único igual 2020

Enquanto o PT e o governador Elmano manifestam interesse em apoiar Lígia Protásio, Cid se esforçará para que Braguinha seja o escolhido

26/03/2024 às 09h44
Por: Thiago Rodrigues
Compartilhe:
Thiago Rodrigues/AVSQ
Thiago Rodrigues/AVSQ

O ato de filiação do PSB de Santa Quitéria, na tarde desta segunda-feira (25/03), foi marcado principalmente pelo incisivo discurso do senador Cid Gomes em relação ao cenário local, especialmente a um antigo adversário seu: o ex-prefeito Tomás Figueiredo, a quem não poupou críticas e chamou de "ditador", "bolsonarista" e "atrasado".

A guerra travada entre ambos na eleição de 2020 promete se repetir novamente, assim como o objetivo do FG neste ano: tentar, numa missão bastante delicada, unir os partidos da base do Governo em torno de uma única candidatura para poder enfrentar o pré-candidato do MDB. Enquanto o PT e o governador Elmano manifestam interesse em apoiar Lígia Protásio, Cid se esforçará para que Braguinha seja o escolhido.

Ele brincou utilizando um áudio que circula na internet, que "ele não vai voltar", que o ex-prefeito "quer fazer da cidade um cercado e tratar os quiterienses como gado" e que trabalhará até o período de homologação nas convenções, para que haja esta união.

Enquanto Tomás bradava, na sua tentativa de reeleger, que "Cid Gomes não manda em Santa Quitéria", o senador decidiu, com base em pesquisas, que o candidato melhor posicionado entre Braguinha, Marcelo Magalhães e Fabiano Lobo seria o lançado na disputa, o que provocou divergências e desmonte do PDT municipal.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por A Voz de Santa Quitéria (@avozdesantaquiteria)

Eleições 2024
Sobre o blog/coluna
Página especial com a cobertura das Eleições 2024, onde acompanharemos de perto os acontecimentos políticos que moldarão o futuro da nossa cidade.
Ver notícias
Publicidade
Publicidade
Publicidade