22°C 30°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Remédios devem ficar mais caros a partir deste domingo

Farmácias podem aplicar aumento de uma só vez ou ao longo do ano

30/03/2024 às 18h40
Por: Thiago Rodrigues Fonte: GCMais
Compartilhe:
Jefferson Rudy/Agência Senado
Jefferson Rudy/Agência Senado

A partir do próximo domingo (31), os preços dos medicamentos devem ser reajustados em até 4,5% em todo o país. O reajuste dos remédios pode ser aplicado pelas farmácias de uma vez ou ‘parcelado’ ao longo do ano. O percentual foi definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos e publicado no Diário Oficial da União (DOU) de quinta-feira (28).

O reajuste anual deve repor a inflação, segundo estimativa da Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos). O cálculo é baseado no IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), a inflação oficial, do período de março de 2023 a fevereiro de 2024.

O setor farmacêutico é submetido ao controle de preços. Somente uma vez por ano as indústrias farmacêuticas estão autorizadas a reajustar os preços de seus produtos, para compensar os aumentos de custo de produção acumulados nos 12 meses anteriores.

Maurício Filizola, diretor da Confederação Nacional do Comércio (CNC) e diretor do Sindicato do Comércio Varejista dos Produtos Farmacêuticos do Estado do Ceará (Sincofarma), orienta a população a procurar os genéricos para economizar. “São medicamentos seguros, de eficácia comprovada, pelo menos 35% mais baratos do que os medicamentos de referência”, explica o profissional.

Publicidade
Publicidade
Publicidade