21°C 32°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Nenhum deputado do Ceará destinou emendas para ações ligadas às mudanças climáticas em 2024

No ano passado, cada parlamentar teve direito a aproximadamente R$ 37 milhões em emendas individuais para indicar no orçamento deste ano

11/05/2024 às 16h17
Por: Josyvânia Monteiro Fonte: Diario do Nordeste
Compartilhe:
Foto: Divulgação / Claudio Araújo
Foto: Divulgação / Claudio Araújo

Nenhum deputado federal do Ceará enviou verba de emenda para ser aplicada neste ano na Política Nacional sobre Mudança do Clima. Em todo o País, a medida foi abordada por apenas um dos 513 parlamentares da Câmara dos Deputados: a deputada Célia Xakriabá (Psol-MG). Ela destinou R$ 1 milhão para a implementação e monitoramento da política. 

As mudanças climáticas e impactos ambientais têm sido reverberados no Parlamento Federal diante dos episódios de inundação que assolam o Rio Grande do Sul. Cerca de 70% dos municípios do estado gaúcho foram atingidos pelas fortes chuvas, registrando mortes, alagamentos e deixando milhares de pessoas desabrigadas. 

Apesar de não terem destinados recursos especificamente para o tema, três dos 22 parlamentares cearenses na Câmara dos Deputados abordaram agendas ambientais na indicação de emendas individuais. São eles: Luizianne Lins (PT), José Guimarães (PT) e Célio Studart (PSD). 

No ano passado, cada parlamentar teve direito a aproximadamente R$ 37 milhões em emendas individuais para indicar no orçamento deste ano.  

Os dados sobre a alocação de emendas individuais dos deputados federais foram retirados do Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento, referentes ao orçamento de 2024. Para verificação, foram consideradas todas as ações vinculadas ao Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima.

Publicidade
Publicidade
Publicidade