22°C 30°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Morre Alan Neto, ícone do jornalismo cearense e eterno Trem Bala

Bordões como "Olha o dedo do Trem Bala", "passe adiante" e "bombas de milmegatons" estarão eternizados na crônica esportiva cearense

03/04/2024 às 16h10
Por: Thiago Rodrigues Fonte: O POVO
Compartilhe:
Aurélio Alves/O POVO
Aurélio Alves/O POVO

Ícone do jornalismo cearense, Alan Neto, o eterno "Trem Bala", morreu nesta quarta-feira, 3º. O jornalista do O POVO, que marcou época pelo seu jeito polêmico e irreverente em todas as plataformas, estava hospitalizado desde o fim de janeiro após sofrer um acidente doméstico.

O comunicador deixa esposa, uma filha e uma neta. Referência no jornalismo do Ceará, Alan Neto se dedicou ao máximo à profissão no qual era profundamente apaixonado e desfilou todo o seu talento em quase 60 anos de carreira, escrevendo para jornal e portal e comandando programas em rádio, televisão e Youtube.

O jornalista também apresentava o famoso programa Trem Bala no canal do O POVO no Youtube e na Rádio O POVO CBN. Performático e criativo, o apresentador do Trem Bala colecionou bordões e se tornou viral na era da internet.

Bordões como "Olha o dedo do Trem Bala", "passe adiante" e "bombas de milmegatons" estarão eternizados na crônica esportiva cearense.

Publicidade
Publicidade
Publicidade