21°C 32°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Mercados de Santa Quitéria começam a limitar compra de arroz e preços sobem de 10% a 15%

Alguns dos mercados da cidade começaram a tomar medidas preventivas para garantir o acesso de arroz a todos

10/05/2024 às 17h56 Atualizada em 10/05/2024 às 17h57
Por: Raflézia Sousa
Compartilhe:
Júlio Gaúcho/AVSQ
Júlio Gaúcho/AVSQ

A limitação da quantidade de compra de pacotes de arroz e aumento dos preços, começou a atingir a cidade de Santa Quitéria nessa primeira semana de maio. Após as enchentes do Rio Grande do Sul deixarem a maior parte das plantações submersas na água, o estado, que é o maior produtor de arroz, tem impactado todo o país com a escassez do produto.

Em Santa Quitéria, além da limitação, os valores também começaram a subir. Alguns dos supermercados da cidade começaram a tomar medidas preventivas para garantir o acesso de arroz a todos, limitando a compra para 10 unidades por consumidor, durante tempo indeterminado. A elevação de preço sob o produto tem chegado de 10% a 15% em alguns locais, e os que ainda não reajustaram, tem previsão para reajuste a partir de segunda-feira (13/05).

Júlio Gaúcho/AVSQ

O gerente do atacarejo Hiper Povão, Caio Martins, conta que a limitação também é aplicada para os mercados, pois não conseguem mais comprar a quantidade suficiente. “O motivo da limitação de arroz é em relação a dificuldade de comprar o produto, então assim, o produto está escasso. Hoje a gente comprou um produto novo e já chegou com uma diferença alta”, afirma ele, e finaliza dizendo que o preço pode continuar aumentando, dependendo da indústria.

O analista de mercado da Centrais de Atendimento do Ceará (Ceasa), Odálio Girão, explica ao G1, que apesar de o Ceará não ter grande estoque do grão, ainda tem o suficiente para abastecer todo o estado pelas próximas semanas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade