21°C 33°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Companhia diz que planeja fazer transplante de cabeça em até dez anos e mostra como seria o procedimento

Processo seria conduzido com ajuda de inteligência artificial, segundo a BrainBridge

24/05/2024 às 08h41
Por: Thiago Rodrigues
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Uma empresa de biomedicina revelou que planeja disponibilizar transplantes de cabeça em até próximos 10 anos. A startup de neurociência e engenharia biomédica BrainBridge lançou um vídeo detalhando como será o primeiro transplante de cabeça, com ajuda da inteligência artificial (IA).

"O objetivo da nossa tecnologia é ultrapassar os limites do que é possível na ciência médica e fornecer soluções inovadoras para aqueles que lutam contra condições potencialmente fatais", disse Hashem al-Ghaili, biólogo molecular e diretor da empresa. "Nossa tecnologia promete abrir portas para tratamentos que salvam vidas que eram inimagináveis há apenas alguns anos", acrescentou.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Hashem Al-Ghaili (@hashem.alghaili)

A ilustração digital da BrainBridge mostrou sua nova máquina de IA enxertando uma cabeça humana e colocando-a no novo corpo saudável de um paciente com morte cerebral. A IA e as imagens em nível molecular guiariam a cirurgia para garantir que ela fosse um sucesso, "eliminando o erro humano" e a degradação das células cerebrais.

No vídeo, a empresa afirmou que o transplante de cabeça levaria a resultados "tranquilos" e recuperações mais rápidas. Os robôs cirúrgicos de alta velocidade e precisão ajudariam a reconstruir o rosto para uso total dos músculos faciais.

Com este novo procedimento, o paciente seria capaz de manter suas próprias memórias, consciência e habilidades cognitivas. Os pesquisadores acreditam que a máquina de IA seria perfeita para pessoas que lidam com doenças como paralisia, câncer, Alzheimer, Parkinson e outras.

Publicidade
Publicidade
Publicidade