20°C 33°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Receita Federal apreende drogas dentro de microondas em cargas de Manaus para Fortaleza

Com o auxílio dos agentes caninos Ithor e Saymon, aproximadamente três quilos de skunk foram descobertos

08/07/2024 às 15h29
Por: Josyvânia Monteiro Fonte: GCmais
Compartilhe:
Foto: Reprodução/ Receita Federal
Foto: Reprodução/ Receita Federal

Durante operação de rotina nesta segunda-feira (8), a Receita Federal em Fortaleza interceptou drogas dentro de um microondas em cargas suspeitas vindas de Manaus/AM para a capital cearense. Com o auxílio dos agentes caninos Ithor e Saymon, aproximadamente três quilos de skunk foram descobertos.

Os entorpecentes serão entregues às autoridades policiais para investigação detalhada das implicações criminais.

Além disso, na última quarta-feira (3), a Receita Federal apreendeu uma encomenda postal no Terminal de Cargas do Aeroporto de Fortaleza, contendo R$ 6 mil em cédulas falsas. A ação foi realizada pela Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da 3ª Região Fiscal. A encomenda, vinda de Brasília e destinada à Fortaleza, continha 120 notas falsificadas de R$ 50,00.

A falsificação de moeda, conforme o Código Penal (artigo 289), constitui crime passível de pena de reclusão de três a doze anos, além de multa. Essa mesma penalidade é aplicada a quem importa, exporta, adquire, vende, troca, cede, empresta, guarda ou introduz na circulação moeda falsa.

A Receita Federal continua empenhada na repressão ao contrabando, descaminho e tráfico de entorpecentes, com o objetivo de proteger a sociedade, preservar empregos na indústria nacional e combater o enriquecimento ilícito de organizações criminosas.

O crime de descaminho, cometido contra a Administração Pública, ocorre quando não se paga o imposto devido pela compra de mercadoria estrangeira (lícita), seja para consumo ou na entrada e saída do país (artigo 334 do Código Penal), sujeito a pena de 1 a 4 anos de reclusão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade