20°C 31°C
Santa Quitéria, CE
Publicidade

Como anda o projeto de Revitalização da Bica do Ipu

Confira a coluna do jornalista Reginaldo Silva

20/11/2023 às 14h11 Atualizada em 20/11/2023 às 14h18
Por: Reginaldo Silva
Compartilhe:
Foto: Cid Barbosa
Foto: Cid Barbosa

A Bica do Ipu, um dos pontos turísticos mais belos da Serra da Ibiapaba, há anos aguarda pela conclusão de um projeto de requalificação.

As águas do véu de noiva e sua paisagem foram imortalizadas na obra Iracema do romancista José de Alencar, embalados pela narrativa do escritor, jornalista e político cearense que mistura prosa e poesia ao citar a cidade da Serra da Ibiapaba. “Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna e mais longos que seu talhe de palmeira…Mais rápida que a ema selvagem, a morena virgem corria o sertão e as matas do Ipu”, descreveu o romancista.

Longe do romance e bem mais próximo da realidade, a população do município e da região aguarda com ansiedade a conclusão do projeto da Bica do Ipu, que se arrasta ao longo dos anos. O chefe de gabinete da prefeitura Sebastião Rufino diz que a obra ficou parada ao longo do período da pandemia, mas foi retomada e boa parte já está concluída.

O setor de arquitetura e engenharia da Prefeitura de Ipu diz que os quiosques, o calçadão, o asfalto e o estacionamento já foram concluídos, restando apenas algumas partes de cobertura de madeira, devido a dificuldade de elevação do material. Um centro de artesanato que também está sendo construído no local, está restando apenas o piso e a pintura para sua conclusão.

Nas redes sociais, internautas cobram agilidade na conclusão da obra e expressam o temor de que o Parque da Bica do Ipu seja entregue por meio de concessão para iniciativa privada administrar.

Com a palavra, o prefeito de Ipu Robério Rufino

O prefeito Robério Rufino conversou com A Voz de Santa Quitéria sobre a conclusão da obra de requalificação da Bica do Ipu. O gestor reconhece o atraso na entrega do equipamento, credenciando a pandemia esse retardamento, devido ao longo período de paralisação.

Segundo Rufino, o preço da madeira teve uma elevação e a prefeitura teve que entrar com um aporte financeiro para acelarar a conclusão da obra que conta com investimentos da ordem de aproximadamente R$ 4 milhões de reais, oriundos do Governo do Estado.

O prefeito diz que ainda essa semana vai se reunir com a empresa responsável pela execução do projeto e cobrar celeridade, para que até dezembro o restaurante e a rampa de acesso sejam concluídas para liberação do Parque da Bica do Ipu para visitação.

Robério Rufino ressalta que existia um temor na liberação da área nos finais de semana e em feriados por conta do risco de acidentes no canteiro de obras, mas que pretende acelerar para entregar até dezembro, ficando para 2024, o auditório com capacidade para 200 pessoas e um centro de artesanato que também está em andamento.

Perenização da Bica do Ipu

Em novembro de 2021, o então governador e hoje ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou um investimento de R$ 18 milhões do Governo do Ceará para a perenização da Bica do Ipu, que tem uma queda d’água da Serra da Ibiapaba, com 130 metros de altura.

O projeto tem o objetivo de fazer com que o local possa receber turistas o ano inteiro. Na ocasião, Camilo ressaltou a importância do equipamento, para o desenvovimento econômico de Ipu e região, atraindo turistas de todo o Brasil, devido ao clima, a linda paisagem, bons hotéis e uma diversidade de pousadas na região.

Na oportunidade, Camilo anunciava que havia autorizado R$ 18 milhões para realização do projeto e implantação da perenização da Bica do Ipu, e foi enfático ao dizer que se houvesse mais necessidade de mais recursos o estado estaria pronto para atender.

O prefeito Robério Rufino diz que esse projeto já foi concluído, contudo, relata que no último encontro que teve com o Governador Elmano de Freitas (PT), esse assunto foi tratado, mas, devido o volume de recursos ficou para ser debatido em outra ocasião.

Segundo Rufino, já foram feitos três estudos de solo, para a segurança do projeto de perenização da Bica do Ipu, por meio dos riachos Ipuçaba e Ipuzinho e aguarda com ansiedade a realização desse projeto. O prefeito também fez questão de enfatizar que percebeu o interesse do governador Elmano de Freitas para concluir essa obra tão importante para a região da Serra da Ibiapaba.

APA da Bica do Ipu

A Bica do Ipu tornou-se uma Área de Proteção Ambiental (APA) que compreeende às áreas de encostas, setores mais elevados da serra e as nascentes dos Riachos Ipuçaba e Ipuzinho em uma área de 3.484,66 hectares. A vegetação predominante na região é de espécies como; ipê, buriti, babaçu, ingazeiras, jatobá e bromélias.

Reginaldo Silva
Sobre o blog/coluna
Reginaldo Silva é professor, radialista e jornalista.
Ver notícias
Publicidade
Publicidade
Publicidade